Comércio exterior teve saldo positivo em maio

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 5,9 bilhões no mês passado, com exportações de US$ 19,2 bilhões e importações de US$ 13,2 bilhões.

Houve aumento de 1,9% nas exportações sobre o mesmo mês de 2017 pela média diária e queda de 2,5% sobre abril deste ano. As importações aumentaram 14,5% sobre maio do ano passado e caíram 3,8% sobre o último abril, também na comparação pela média diária.

As vendas internacionais de produtos básicos cresceram 18,4% sobre maio de 2017 e somaram US$ 10,8 bilhões. Já as exportações de manufaturados recuaram 17,3%, com US$ 5,4 bilhões, e as de semimanufaturados caíram 9,5% e ficaram em US$ 2,4 bilhões.

Os grandes destaques de aumento nas exportações de produtos básicos no mês passado foram os bovinos vivos, com alta de 253% nas vendas, seguidos por petróleo em bruto, farelo de soja, soja em grão, minério de cobre e carne bovina.  Caíram as vendas de produtos como açúcar, pneumáticos, aviões, couros e peles, entre outros.

No acumulado de janeiro a maio, o Brasil teve receita de US$ 93,6 bilhões com exportações e gastos de US$ 67,4 bilhões com importações. O saldo também ficou positivo, em US$ 26,1 bilhões. Em doze meses, o País somou exportações de US$ 223,4 bilhões e importações de US$ 159,3 bilhões, com superávit de US$ 64,1 bilhões.

Conheça o Curso de Formação para Analista em Comércio Exterior da Abracomex. Clique aqui e visite a página do curso.

Fonte: Agência de Notícias Brasil-Árabe

News

Deixe uma resposta